Escolha uma Página

Fundada em 2005 na cidade de São José do Rio Preto – SP por Homero Ferreira, a Companhia dedicou-se inicialmente ao estudo em dramaturgia e teatro de pequenos formatos.
Em 2009 estreia seu primeiro espetáculo ORÉGANO com o qual passa a pesquisar a linguagem neogrotesca. Já em 2010, estabelece contato direto com a Argentina para onde vai pesquisar mais a fundo esse mesmo assunto. Essa investigação impulsiona a criação do espetáculo CHEIRO DE CARNE, o qual é agraciado com recursos do PROAC/SP para montagem em 2011.
No ano seguinte, em 2012, a Cia. é novamente premiada com o PROAC/SP, dessa vez para a circulação do espetáculo ORÉGANO. Com esses dois trabalhos a Cia. passa a percorrer grande parte dos municípios do Estado de São Paulo, conquistando um público cativo e extremamente receptivo com os espetáculos.
Em 2013, a Cia. organiza o Encontro de Pensadores com o apoio do SESC Rio Preto com a presença do crítico Jefferson Del Ríos e do dramaturgo Lucas Arantes.
Em 2014 estreia LONGOS ANOS que ramifica a atuação da Cia. para além do registro neogrotesco, contando com a orientação de direção e dramaturgia do diretor carioca Pedro Brício, através do programa Laboratório Cênico promovido pelo SESC Rio Preto.
Em 2015 é agraciada pelo PROAC/SP para montagem de CRISE DE GENTE, um projeto em comemoração dos 10 anos de Companhia Hecatombe, que conta com a orientação de direção de Nelson Baskerville. Neste mesmo projeto, Alexandre Dal Farra é convidado a fazer uma provocação dramatúrgica e também a trazer reflexões artísticas no segundo Encontro de Pensadores, realizado pela Cia.
No final de 2016, novamente recebe um prêmio do PROAC/SP para montagem de seu primeiro espetáculo infantil 20 MIL NOVAS LÉGUAS que estreia em setembro 2017, mesmo ano que é agraciada mais uma vez com o PROAC/SP, dessa vez para outro projeto infantil chamado VERMELHINHOS inspirado em A Mulher que matou os peixes de Clarice Lispector.
Ao longo de mais de dez anos de existência a Companhia fortaleceu sua atuação em sua cidade sede, S. J. do Rio Preto, e também visitou os mais diversos festivais de teatro pelo Brasil, entre eles, Festival latino americano de Foz do Iguaçu/PR, Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto/SP, Janeiro Brasileiro da Comédia/SP, Festival Nacional de Juiz de Fora/MG, FestFic/RJ, De Trupe/RJ, entre outros.